terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

NÃO HÁ MÉRITO PRÓPRIO

"Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus;

não por obras, para que ninguém se glorie." (Efésios 2:8-9)

Há alguns anos atrás, uma pesquisa realizada por uma revista de grande circulação descobriu que a maioria dos americanos tinha certeza que iria para o céu, mas não esperava ver seus amigos lá. A maioria dos entrevistados previu que Madre Teresa também iria e um percentual considerável ainda citou alguns políticos e celebridades que, segundo eles, certamente seriam salvos.

Infelizmente, isso mostra a confusão e o raciocínio errado envolvidos na decisão mais importante que se pode ter na vida: a decisão sobre onde passar a eternidade.

Embora isso possa vir como uma surpresa para muitas pessoas, Madre Teresa, como uma maravilhosa humanitária que foi, não tinha mais chances de ir para o céu que qualquer outra pessoa. Por que? Porque a nossa entrada no céu não é baseada no que temos feito para Deus, mas sim no que Ele fez por nós. Isso é o que importa.

Mesmo o pior dos criminosos, ao se arrepender e pedir a Deus para perdoá-lo, entrará no céu a despeito de todo o mal que tenha feito. E o melhor dos melhores, apesar de todo o bem que tem feito, não irá necessariamente  para o céu, se não colocar sua fé em Cristo como seu Salvador. Não importa o que fazemos, por mais louvável que isso possa ser. Nossa entrada no céu não tem nada a ver com boas ou más ações;  mas, tem tudo a ver com o que Jesus fez na cruz e com o nosso reconhecimento de que não podemos chegar a  Deus por nosso próprio mérito.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Divisão Entre Irmãos

"Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais deverão restaurá-lo com mansidão. Cuide-se, porém, cada um para que também não seja tentado."(Gálatas 6:1)

Deus odeia o homem que cria discórdia entre irmãos, alguém que intencionalmente causa divisão entre outros cristãos. O que é surpreendente é que Deus coloca esse pecado - de causar a discórdia entre irmãos - juntamente com o assassinato, a mentira e o perjúrio (ver Provérbios 6:16-19).

Uma das coisas que provoca discórdia é a fofoca. Ouvimos algo sobre alguém. "Fizeram o que? Com quem?" Ficamos ansiosos para contar para outra pessoa. O que há conosco, que nos alegramos com fraquezas ou problemas na vida de outro cristão? A primeira coisa que devemos fazer é orar por essa pessoa. Devemos procurar restaurá-la, pois podemos ser os próximos.

Mas o que fazemos? Nós não falamos com Deus sobre ela. Falamos com outras pessoas. Pelo que as pessoas fazem hoje, você poderia pensar que a Bíblia diz: "Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais deverão contar para o maior número de pessoas possível" Em vez disso, ela diz: "Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais deverão restaurá-lo com mansidão. Cuide-se, porém, cada um para que também não seja tentado." (Gálatas 6:1).

Puxa, queremos falar sobre as pessoas! Queremos fazer fofoca delas. Queremos causar divisão. Mas Deus odeia isso! Então ore por elas ao invés de fofocar. Procure restaurá-las. Tome as medidas bíblicas adequadas. Fofocar e falar sobre isso nunca vai resolver. Deus odeia esse tipo de coisa.

Em vez disso, vamos procurar gentilmente restaurar nossos irmãos e irmãs em Cristo.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Olhos Altivos

"O orgulho do homem o humilha, mas o de espírito humilde obtém honra." (Provérbios 29:23)

Deus odeia olhos altivos. Acho isso interessante. Seria de se esperar que Deus começasse a lista das coisas que odeia com "mãos que derramam sangue inocente" ou "adultério", quem sabe. Mas não. O número um na lista dEle é o olhar altivo (ver Provérbios 6:16-19).

Por que fazer tanto caso disso? Afinal, na nossa cultura, a altivez, ou orgulho, é vista como uma virtude. "Tenha orgulho de suas origens", dizem alguns. "Tenha orgulho de quem você é".

Mas a Bíblia diz que Deus odeia olhos altivos. O que isso quer dizer? Bom, olhos altivos se referem à pessoa que colocaria sua própria vontade acima da vontade de Deus ou da vontade dos outros. Refere-se às pessoas arrogantes e cheias de si.

Você sabia que o orgulho foi o primeiro pecado cometido? Mesmo antes de Adão e Eva comerem do fruto proibido, o pecado do orgulho foi cometido por Lúcifer. Não satisfeito com ser um anjo a serviço do Senhor, ele que quis ser Deus. E Deus o expulsou por causa de seu orgulho.

E aí o que ele fez? Tentou Eva com o fruto proibido. Essencialmente ele disse: "Deus sabe que, no dia em que dele comerem, seus olhos se abrirão, e vocês serão como Deus, conhecedores do bem e do mal" (Ver Gênesis 3:4-5). Ao que ele se dirigia? Ao orgulho dela. E ela cedeu.

Entenda: o orgulho é provavelmente a raiz da maior parte dos problemas da nossa cultura hoje. É provavelmente a raiz de muitos dos nossos pecados. Quando dizemos: "Não preciso viver do jeito de Deus. Vou fazer o que quiser e quando quiser" - isso é orgulho.

Deus odeia olhos altivos. Então, não coloquemos nossa vontade acima da Sua vontade.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Simplesmente Use-a

"Guardei no coração a tua palavra para não pecar contra ti." (Salmo 119:11)

Uma Bíblia caindo aos pedaços é quase sempre sinal de uma vida consistente, que não está caindo aos pedaços. Adoro constatar Bíblias surradas, rabiscadas, despedaçando-se, pois são um bom sinal.

Acho que deveria haver uma Bíblia especialmente para os pregadores e até já sugeri isto para algumas pessoas que publicam Bíblias. -"Faça uma Bíblia do pregador. Com encadernação de aço". Afinal, pregadores usam mesmo muito a Bíblia. Enquanto falamos, fazemos coisas como sacudi-la, erguê-la, apontar para ela. Por que nós fazemos isso é que eu não sei.

Mas nós, fiéis, não devíamos simplesmente sacudir as nossas Bíblias, nem erguê-las nem apontar para elas. O que precisamos é ler a palavra de Deus e memorizá-la, guardá-la em nossos corações. É bom levar uma Bíblia na bolsa ou na pasta, mas o melhor lugar para guardá-la é em nosso coração. Como disse o salmista: "Guardei no coração a tua palavra para não pecar contra ti" (Salmo 119:11).

Guarde-a no coração. Conheça-a. Então, quando a tentação vier, você poderá usar a palavra de Deus para defender-se. Quando a oportunidade aparecer, você poderá usá-la para repartir a verdade do evangelho com aqueles que não O conhecem. Lembre-se de que Deus nos deu a Sua palavra tanto para defender como para atacar, desferindo golpes precisos pelo Seu reino.

Deus promete que a Sua palavra não voltará vazia. Quer as pessoas acreditem nela ou não, ela não volta vazia. Ela vai prosperar aonde quer que Deus a mande.
Então, use a sua Bíblia. Use-a até que ela caia aos pedaços!

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Irritando Deus

“O Senhor é misericordioso e compassivo, paciente e transbordante de amor.” (Salmos 145:8)

Sou o tipo de pessoa que tem um humor relativamente estável, mas certas coisas me irritam muito, deixam-me louco. A maioria dessas coisas parece acontecer nas autoestradas do sul da Califórnia. Eu não sei por que, mas na hora parece que tudo que fazem comigo é pessoal.

Alguma vez você já passou por um daqueles momentos em que você está dirigindo e precisa pegar uma saída? Há uma abertura na pista ao lado. Você educadamente liga a seta. Então um outro motorista acelera, corta sua abertura, e você perde sua saída. Quando isso acontece, eu fico com muita raiva.

Fico tão feliz que Deus não perde a cabeça! Não é uma perspectiva assustadora? Se Deus estivesse de mau humor um dia, o que Ele faria? Ele iria começar a jogar planetas de um lado para o outro? Ele iria fazer com que as pessoas deixassem de existir?

Eu não sei quanto a você, mas eu estou muito interessado tanto no que Deus ama quanto no que Ele detesta. Se Deus diz que Ele detesta alguma coisa, eu quero ter certeza que não farei essa coisa. Você não pensa assim? Eu não quero trazer a Sua ira sobre mim.

Há uma passagem das Escrituras que identifica especificamente sete coisas que o Senhor detesta:
Há seis coisas que o Senhor odeia, sete coisas que ele detesta: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que traça planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal, a testemunha falsa que espalha mentiras e aquele que provoca discórdia entre irmãos.” (Provérbios 6:16-19)

Devemos analisar essa lista de coisas que Deus detesta e ter a certeza de que não estamos fazendo nenhuma delas. E, se estivermos, vamos fazer com que isso não aconteça mais.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Acompanhem Nossos Trabalhos.

Todo segundo sábado do mês estamos ministrando um culto muito animado e contagiante para nossas crianças e adolescentes em nossa Igreja Batista Ebenézer em Jd. Colorado na Avenida Vitória Régia 1178, às 15 horas. Venha nos prestigiar e se quiser nos convidar para fazermos este trabalho em sua igreja é só deixar um comentário em nosso blog.