terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

NÃO HÁ MÉRITO PRÓPRIO

"Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus;

não por obras, para que ninguém se glorie." (Efésios 2:8-9)

Há alguns anos atrás, uma pesquisa realizada por uma revista de grande circulação descobriu que a maioria dos americanos tinha certeza que iria para o céu, mas não esperava ver seus amigos lá. A maioria dos entrevistados previu que Madre Teresa também iria e um percentual considerável ainda citou alguns políticos e celebridades que, segundo eles, certamente seriam salvos.

Infelizmente, isso mostra a confusão e o raciocínio errado envolvidos na decisão mais importante que se pode ter na vida: a decisão sobre onde passar a eternidade.

Embora isso possa vir como uma surpresa para muitas pessoas, Madre Teresa, como uma maravilhosa humanitária que foi, não tinha mais chances de ir para o céu que qualquer outra pessoa. Por que? Porque a nossa entrada no céu não é baseada no que temos feito para Deus, mas sim no que Ele fez por nós. Isso é o que importa.

Mesmo o pior dos criminosos, ao se arrepender e pedir a Deus para perdoá-lo, entrará no céu a despeito de todo o mal que tenha feito. E o melhor dos melhores, apesar de todo o bem que tem feito, não irá necessariamente  para o céu, se não colocar sua fé em Cristo como seu Salvador. Não importa o que fazemos, por mais louvável que isso possa ser. Nossa entrada no céu não tem nada a ver com boas ou más ações;  mas, tem tudo a ver com o que Jesus fez na cruz e com o nosso reconhecimento de que não podemos chegar a  Deus por nosso próprio mérito.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Divisão Entre Irmãos

"Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais deverão restaurá-lo com mansidão. Cuide-se, porém, cada um para que também não seja tentado."(Gálatas 6:1)

Deus odeia o homem que cria discórdia entre irmãos, alguém que intencionalmente causa divisão entre outros cristãos. O que é surpreendente é que Deus coloca esse pecado - de causar a discórdia entre irmãos - juntamente com o assassinato, a mentira e o perjúrio (ver Provérbios 6:16-19).

Uma das coisas que provoca discórdia é a fofoca. Ouvimos algo sobre alguém. "Fizeram o que? Com quem?" Ficamos ansiosos para contar para outra pessoa. O que há conosco, que nos alegramos com fraquezas ou problemas na vida de outro cristão? A primeira coisa que devemos fazer é orar por essa pessoa. Devemos procurar restaurá-la, pois podemos ser os próximos.

Mas o que fazemos? Nós não falamos com Deus sobre ela. Falamos com outras pessoas. Pelo que as pessoas fazem hoje, você poderia pensar que a Bíblia diz: "Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais deverão contar para o maior número de pessoas possível" Em vez disso, ela diz: "Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais deverão restaurá-lo com mansidão. Cuide-se, porém, cada um para que também não seja tentado." (Gálatas 6:1).

Puxa, queremos falar sobre as pessoas! Queremos fazer fofoca delas. Queremos causar divisão. Mas Deus odeia isso! Então ore por elas ao invés de fofocar. Procure restaurá-las. Tome as medidas bíblicas adequadas. Fofocar e falar sobre isso nunca vai resolver. Deus odeia esse tipo de coisa.

Em vez disso, vamos procurar gentilmente restaurar nossos irmãos e irmãs em Cristo.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Olhos Altivos

"O orgulho do homem o humilha, mas o de espírito humilde obtém honra." (Provérbios 29:23)

Deus odeia olhos altivos. Acho isso interessante. Seria de se esperar que Deus começasse a lista das coisas que odeia com "mãos que derramam sangue inocente" ou "adultério", quem sabe. Mas não. O número um na lista dEle é o olhar altivo (ver Provérbios 6:16-19).

Por que fazer tanto caso disso? Afinal, na nossa cultura, a altivez, ou orgulho, é vista como uma virtude. "Tenha orgulho de suas origens", dizem alguns. "Tenha orgulho de quem você é".

Mas a Bíblia diz que Deus odeia olhos altivos. O que isso quer dizer? Bom, olhos altivos se referem à pessoa que colocaria sua própria vontade acima da vontade de Deus ou da vontade dos outros. Refere-se às pessoas arrogantes e cheias de si.

Você sabia que o orgulho foi o primeiro pecado cometido? Mesmo antes de Adão e Eva comerem do fruto proibido, o pecado do orgulho foi cometido por Lúcifer. Não satisfeito com ser um anjo a serviço do Senhor, ele que quis ser Deus. E Deus o expulsou por causa de seu orgulho.

E aí o que ele fez? Tentou Eva com o fruto proibido. Essencialmente ele disse: "Deus sabe que, no dia em que dele comerem, seus olhos se abrirão, e vocês serão como Deus, conhecedores do bem e do mal" (Ver Gênesis 3:4-5). Ao que ele se dirigia? Ao orgulho dela. E ela cedeu.

Entenda: o orgulho é provavelmente a raiz da maior parte dos problemas da nossa cultura hoje. É provavelmente a raiz de muitos dos nossos pecados. Quando dizemos: "Não preciso viver do jeito de Deus. Vou fazer o que quiser e quando quiser" - isso é orgulho.

Deus odeia olhos altivos. Então, não coloquemos nossa vontade acima da Sua vontade.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Simplesmente Use-a

"Guardei no coração a tua palavra para não pecar contra ti." (Salmo 119:11)

Uma Bíblia caindo aos pedaços é quase sempre sinal de uma vida consistente, que não está caindo aos pedaços. Adoro constatar Bíblias surradas, rabiscadas, despedaçando-se, pois são um bom sinal.

Acho que deveria haver uma Bíblia especialmente para os pregadores e até já sugeri isto para algumas pessoas que publicam Bíblias. -"Faça uma Bíblia do pregador. Com encadernação de aço". Afinal, pregadores usam mesmo muito a Bíblia. Enquanto falamos, fazemos coisas como sacudi-la, erguê-la, apontar para ela. Por que nós fazemos isso é que eu não sei.

Mas nós, fiéis, não devíamos simplesmente sacudir as nossas Bíblias, nem erguê-las nem apontar para elas. O que precisamos é ler a palavra de Deus e memorizá-la, guardá-la em nossos corações. É bom levar uma Bíblia na bolsa ou na pasta, mas o melhor lugar para guardá-la é em nosso coração. Como disse o salmista: "Guardei no coração a tua palavra para não pecar contra ti" (Salmo 119:11).

Guarde-a no coração. Conheça-a. Então, quando a tentação vier, você poderá usar a palavra de Deus para defender-se. Quando a oportunidade aparecer, você poderá usá-la para repartir a verdade do evangelho com aqueles que não O conhecem. Lembre-se de que Deus nos deu a Sua palavra tanto para defender como para atacar, desferindo golpes precisos pelo Seu reino.

Deus promete que a Sua palavra não voltará vazia. Quer as pessoas acreditem nela ou não, ela não volta vazia. Ela vai prosperar aonde quer que Deus a mande.
Então, use a sua Bíblia. Use-a até que ela caia aos pedaços!

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Irritando Deus

“O Senhor é misericordioso e compassivo, paciente e transbordante de amor.” (Salmos 145:8)

Sou o tipo de pessoa que tem um humor relativamente estável, mas certas coisas me irritam muito, deixam-me louco. A maioria dessas coisas parece acontecer nas autoestradas do sul da Califórnia. Eu não sei por que, mas na hora parece que tudo que fazem comigo é pessoal.

Alguma vez você já passou por um daqueles momentos em que você está dirigindo e precisa pegar uma saída? Há uma abertura na pista ao lado. Você educadamente liga a seta. Então um outro motorista acelera, corta sua abertura, e você perde sua saída. Quando isso acontece, eu fico com muita raiva.

Fico tão feliz que Deus não perde a cabeça! Não é uma perspectiva assustadora? Se Deus estivesse de mau humor um dia, o que Ele faria? Ele iria começar a jogar planetas de um lado para o outro? Ele iria fazer com que as pessoas deixassem de existir?

Eu não sei quanto a você, mas eu estou muito interessado tanto no que Deus ama quanto no que Ele detesta. Se Deus diz que Ele detesta alguma coisa, eu quero ter certeza que não farei essa coisa. Você não pensa assim? Eu não quero trazer a Sua ira sobre mim.

Há uma passagem das Escrituras que identifica especificamente sete coisas que o Senhor detesta:
Há seis coisas que o Senhor odeia, sete coisas que ele detesta: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que traça planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal, a testemunha falsa que espalha mentiras e aquele que provoca discórdia entre irmãos.” (Provérbios 6:16-19)

Devemos analisar essa lista de coisas que Deus detesta e ter a certeza de que não estamos fazendo nenhuma delas. E, se estivermos, vamos fazer com que isso não aconteça mais.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Uma Grande Reunião

"Preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo." (Hebreus 11:25)

Um pai cristão que era doente terminal chamou seus três filhos para o seu lado. Para seus dois filhos que eram crentes ele disse: "Adeus, meus filhos. Verei vocês pela manhã." Voltando-se para seu terceiro filho, de maneira simples e triste, ele disse: "Adeus, meu filho."

O jovem estava profundamente perturbado. Ele disse: "Pai, por que é que você disse a meus irmãos, 'verei vocês pela manhã', e só me disse: 'Adeus meu filho'? Por que você não disse que iria me ver pela manhã também?"

Seu pai respondeu: "Filho, você nunca pediu em seu coração para Jesus Cristo ser seu Salvador e Senhor. E isso é o que mais me dói. Nunca vou vê-lo novamente." E aquele filho começou a perguntar ao pai como ele poderia ser salvo, como poderia ver seu pai novamente. Seu pai lhe disse como. E assim ele orou e recebeu Cristo em sua vida. Então, o pai disse: "Agora nossa família estará junta na eternidade."

Isso acontecerá com todos que depositam sua fé em Cristo. Será uma grande reunião no futuro. Mas o que o incrédulo tem pela frente? Julgamento após a morte, além de uma vida miserável e vazia na Terra. O pecado pode ser divertido por algum tempo. E o dia do pagamento chegará. "Pois o salário do pecado é a morte [...]" (Romanos 6:23). O pecado pode ser emocionante, mas o dia do pagamento chegará.

Se você ainda não entregou a sua vida a Cristo, no final dela você vai olhar para trás e descobrir que a desperdiçou. Mas não espere até o final de sua vida para descobrir isso. Descubra agora.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Vale a Pena Esperar

"Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa os insultarem, perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês. Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a recompensa de vocês nos céus, pois da mesma forma perseguiram os profetas que viveram antes de vocês". (Mateus 5:11-12)

Pode ser que você tenha desistido de muitas coisas para seguir Jesus Cristo. Talvez tenha perdido amigos e até a família para ser Seu servo. Você pode ter resistido a muitas tentações e talvez tenha tido grandes dificuldades e sofrido bastante por causa de sua fé. Mas devemos nos lembrar que Deus nos promete uma recompensa especial no céu.

Há muitas pessoas que sofreram coisas bem piores. Pessoas que, ao longo da história da igreja, foram condenadas à morte por sua fé em Cristo. Homens e mulheres que, se tivessem negado ao Senhor, poderiam ter se safado bem, mas que preferiram manter o seu compromisso com Cristo. Há uma recompensa especial esperando por essas pessoas no céu.

Tiago 1:12 diz: "Feliz é o homem que persevera na provação, porque depois de aprovado receberá a coroa da vida que Deus prometeu aos que o amam."

Se você sofreu perdas como uma amizade; se foi ridicularizado e perseguido, saiba que Deus irá recompensá-lo por isso (Mateus 5:11-12). O que quer que você tenha aberto mão, Ele lhe trará de volta.

É claro que todos nós abrimos mão de certas coisas para seguir a Cristo. Às vezes até pensamos: Sei que isso é errado, mas parece tão bom e divertido... Acho que poderia fazê-lo. Mas, no fundo, sabemos que não deveríamos. E, então, resistimos. Com o passar do tempo, olhamos para trás e, analisando as repercussões que aquilo teria nos trazido, reconhecemos: "Estou contente por ter evitado isso."

Devemos sempre lembrar que nossa verdadeira recompensa está guardada por Deus.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

CONCURSO POLÍCIA FEDERAL



Curso online completo e específico para a
Agente Administrativo da
Polícia Federal


192 aulas inéditas gravadas no decorrer do curso Início imediato das aulas.
Apostilas em PDF

Resolução de questões durante as aulas

Acesso a questões e simulados online

Faça já sua matrícula

Porque vale a pena fazer o concurso da Polícia Federal – Agente Administrativo:
Só para Agente Administrativo são mais de 500 vagas distribuídas por todos os estados.
Poucas instituições públicas brasileiras oferecem melhores oportunidades profissionais que a Polícia Federal.
Basta ter o nível médio e, no mínimo 18 anos, para concorrer às vagas de Agente Administrativo.
Não é necessário realizar o Teste de Aptidão Física para concorrer às vagas.
Diferente da maioria dos concurso da área policial, não há limite de idade
nem de altura.
O órgão possui plano de carreira.

Confira também os cursos para cargos de nível superior:


Assista aqui a uma aula demonstrativa!


Acesse a nossa loja e adiquira o curso completo do Aprova Concursos para passar neste concurso. Não perca tempo! Comece hoje mesmo.

CONCURSO DA PRF ( POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL)

Está autorizado um novo concurso público para o cargo de Agente Administrativo da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A autorização prevê a abertura de 216 vagas de nível médio e o prazo máximo para a publicação do edital é 30 de junho de 2014.

O cargo de Agente Administrativo
As atividades do cargo são: executar atividades administrativas, de nível intermediário, relativas às competências legais da Polícia Rodoviária Federal, por meio da prestação de apoio técnico administrativo à área finalística da Instituição. A remuneração inicial é de R$ 2.364,47, podendo ultrapassar R$ 3 mil se somadas as gratificações.Saia na frente! Faça agora sua matrícula e antecipe seus estudos. 

 Curso online completo e específico para a Polícia Rodoviária Federal. 


196 videoaulas inéditas gravadas no decorrer do curso.
Acesso a questões e simulados online

O Tesouro Escondido

"O que planta e o que rega têm um só propósito, e cada um será recompensado de acordo com o seu próprio trabalho." (1 Coríntios 3:8

Um homem que fazia uma limpeza subiu para o sótão e jogou fora um monte de coisas velhas. Em seguida, ele se deparou com um vaso velho que pensou talvez valer alguma coisa. Então ele o levou para um antiquário que conhecia um pouco sobre essas coisas. Ele ficou chocado quando saiu com um cheque de 324.000 dólares. Acontece que o vaso era do século 15 da dinastia Ming. E em todo o tempo ele tinha estado ali no seu sótão.

Há pessoas que fielmente trabalham nos bastidores para o Senhor, o qual nunca viram. E seu Pai Celestial que os vê em segredo um dia irá recompensá-los abertamente. Na verdade, você pode ser uma dessas pessoas. Ninguém sabe seu nome. Ninguém sabe o que você faz, mas você é fiel ao que o Senhor lhe pediu para fazer, tentando fazer o melhor com o que Ele lhe deu.

Portanto, não tenha inveja do que outra pessoa tem. Não se preocupe com o que Deus chamou alguém para fazer, porque você não será julgado por isso. E eles não serão julgados por aquilo que Ele chamou você para fazer. Seja fiel com o que Deus tem colocado diante de você. Seja grato, pois você tem uma vida para usar para a glória de Deus, e dedicá-la a Ele.

Você pode pensar que o que você faz para o Senhor não tem qualquer valor real, mas o que é tão valioso aqui será inútil na eternidade. E o que pode não parecer importante aqui pode ser inestimável quando estivermos diante de Deus.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Como Conhecer a Deus

"Perguntou Nicodemos: 'Como pode ser isso?'" (João 3:9)

Nicodemos era um homem religioso, um fariseu. Os fariseus eram de uma seita muito rigorosa de pessoas que acreditavam fortemente que aquilo que pensavam estava certo. Pelos padrões do mundo, Nicodemos era um homem santo. Se ele estivesse em seu caminho, você diria: "Este é um homem de Deus. Este é um homem que está realmente em contato com Deus." 

Mas o problema era que Nicodemos não estava em contato com Deus. Ele tinha religião, mas nenhuma relação com Deus. Ele estava infeliz. Ele estava vazio. Ele estava procurando. Então, ele veio à noite para falar com Jesus. Ele não queria que o mundo inteiro soubesse o que ele estava procurando. Isso é constrangedor para um líder espiritual dos homens, alguém que supostamente conhece a Deus. 

Temos de dar algum crédito a Nicodemos. Pelo menos ele foi. Pelo menos ele estava procurando. Pelo menos ele estava pedindo. Ele deixou cair suas defesas, ele abandonou sua fachada, e ele descobriu seu coração. Ele estava basicamente dizendo a Jesus: "Eu sei que há uma possibilidade de conhecer a Deus, mas eu não sei como. O que eu preciso fazer?" Ele estava sendo totalmente honesto. 

Eu sei como é estar em sua pele. Eu sei quantos anos tentei mudar. Eu sei o quanto foi duro tentar obter alegria, paz ou esperança por mim mesmo. Então, finalmente, cheguei a Deus e disse: "Deus, eu nem mesmo sei se você está ai, e eu duvido que vá trabalhar para mim, mas se você puder fazer algo, então aqui estou eu."

Deus me encontrou nesse estado, com a pequena fé que eu tinha. E de forma radical e drástica, Ele mudou a minha vida, começando pelo meu coração. E Ele pode fazer o mesmo por você.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

sábado, 1 de fevereiro de 2014

CONCURSO MINISTÉRIO DA FAZENDA

O Ministério da Fazenda publicou edital de um novo concurso público para o cargo de Assistente Técnico–Administrativo (ATA). São 1.026 vagas de nível médio que estão distribuídas entre todos os estados do Brasil, exceto São Paulo e Distrito Federal.
As inscrições devem ser realizadas no site da ESAF, entre 03 e 16 de fevereiro. As provas serão aplicadas na data provável de 27 de abril de 2014. A remuneração inicial é de R$ 3.050,82.
Intensivão Ministério da Fazenda
Baseado no Edital
O Aprova Concursos acaba de lançar o Intensivão Ministério da Fazenda, com aulas inéditas totalmente baseadas no edital da ESAF.
Ao assinar este curso intensivo, além das aulas produzidas de acordo com o novo edital, você terá acesso imediato às aulas do curso extensivo, gravadas entre novembro de 2013 e janeiro de 2014.
O curso intensivo será composto por:
Videoaulas inéditas
Apostilas complementares em PDF
Acesso a questões e simulados online.
Não perca tempo, prepare–se!
Acesse a nossa loja e adiquira o curso completo do Aprova Concursos para passar neste concurso. Não perca tempo! Comece hoje mesmo.

CONCURSO MINISTÉRIO DO TRABALHO

Estão abertas as inscrições para o concurso do Ministério do Trabalho e Emprego com 450 vagas de nível médio e superior para a Carreira da Previdência, da Saúde e do Trabalho/CPST. Os salários são de R$ 2.573,22 para nível médio e R$ 3.981,42 para nível superior.

As inscrições devem ser feitas no site da Cespe/UnB até 03/02. As provas serão aplicadas em 30 de março de 2014.

Vagas e lotação:
35 vagas de nível superior no cargo de Contador, com lotação em Brasília.
415 vagas de nível médio no cargo de Agente Administrativo, com lotação distribuída entre as Unidades do Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

Acesse a nossa loja e adiquira o curso completo do Aprova Concursos para passar neste concurso. Não perca tempo! começe hoje mesmo.

Prepare-se com os Intensivões específicos para o MTE :

Videoaulas inéditas gravadas no decorrer do curso.
Apostilas complementares em PDF
Acesso a questões e simulados online

CONCURSO POLÍCIA CÍVIL

Estão abertas as inscrições para diversos concursos da Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC-SP).
São oferecidas milhares de vagas para todos os níveis de escolaridade, com lotação em diversos municípios e também na capital do Estado de São Paulo.

A remuneração oferecida é de até R$ 7.516,02.

Conquiste uma vaga na Polícia Civil de São Paulo:

Além do melhor time de professores, o Aprova Concursos oferece a você, que quer garantir uma vaga na PC-SP, cursos preparatórios intensivos, focados no edital do concurso.
CURSOS PREPARATÓRIOS PARA:
vPerito CriminalvAuxiliar de Necropsia
vAtendente de NecrotériovInvestigador de Polícia

Acesse a nossa loja e adiquira o curso completo do Aprova Concursos para passar neste concurso. Não perca tempo! Comece hoje mesmo.

CONCURSO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA

Foi publicado o edital do concurso público do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Ao todo são 796 vagas distribuídas em diversos cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários podem chegar a
R 12.539,38.
As inscrições no concurso devem ser feitas, a partir das 14h de 3 de fevereiro a 6 de março de 2014, no site da Consulplan. As provas objetivas para todos os cargos serão aplicadas na data provável de 4 de maio de 2014.
Garanta sua preparação com o Aprova Concursos. O melhor time de professores reunido em um curso totalmente novo e específico para o concurso.
Acesse a nossa loja e adiquira o curso completo do Aprova Concursos para passar neste concurso. Não perca tempo! Comece hoje mesmo.

INTENSIV ?ES PARA O CONCURSO DO MAPA

Videoaulas inéditas gravadas no decorrer do curso
Apostilas complementares em PDF
Gabarito comentado
Acesso a questões e simulados online

CONCURSO DA CAIXA 2014



Estão abertas as inscrições para o concurso público da Caixa Econômica Federal. As inscrições devem ser feitas até o dia 11 de fevereiro de 2014, no site do Cespe, e a prova será realizada do dia 23 de março!


Apenas no último certame foram mais de 18 mil nomeações. Não perca tempo e garanta já a melhor preparação para o concurso da Caixa.

Preparação intensiva e focada no edital

O Aprova Concursos acaba de lançar o Intensivão Caixa 2014, com aulas inéditas totalmente baseadas no edital do Cespe.


Intensivão Caixa 2014 – baseado no edital 


156 aulas
Início do curso: 28⁄01
Acesse a nossa loja e adiquira o curso completo do Aprova Concursos para passar neste concurso. Não perca tempo comece hoje mesmo.

Informações sobre o concurso Caixa 2014
• Inscrições: 24⁄01⁄2014 até 11⁄02⁄2014
• Cargo: Técnico Bancário Novo
• Taxa de Inscrição: R$ 37
• N° Vagas: Cadastro de reserva
• Salário: R$ 2.025,00
• Nível: Médio Completo
• Data da prova: 23⁄03⁄2014
• Edital: Cespe⁄UnB

Não Apenas Espetacular

"Enquanto estava em Jerusalém, na festa da Páscoa, muitos viram os sinais miraculosos que ele estava realizando e creram em seu nome." (João 2:23)

Jesus atraiu multidões. E o que realmente fascinava tais multidões era que o que Ele fazia nenhum dos líderes religiosos e "profetas" da época podiam fazer. Ele realizou milagres. Sua fama se espalhou por todo canto. Naturalmente, todos os que estavam doentes começaram a seguir Jesus, não muito para ouvirem seus ensinamentos, mas para serem curados de suas doenças.

Existem hoje muitas pessoas procurando algo espetacular, algo muito emocionante. E há muitas pessoas que buscam a Deus com base no que Ele pode dar. Nós dizemos: "Se você seguir a Jesus, Ele vai lhe dar alegria." Isso é algo muito atraente em um mundo cheio de tristeza. "Ele vai dar-lhe esperança", dizemos. Isso é muito atraente em um mundo sem esperança. "Ele vai dar-lhe a vida eterna." Isso é muito atraente em uma vida tão incerta.

A verdade é que Deus dá. Ele dá esperança. Ele dá a paz. Ele dá alegria. Ele dá todas as coisas que promete. Mas aqui está o problema: Ele não promete que você sempre terá uma experiência emocional. Agora, se quando você encontrou Jesus Cristo você teve uma conversão em nível inclusive emocional, dificilmente alguma outra experiência do tipo superará essa, que veio de Jesus.

O problema é que se nós construirmos nossa fé apenas sobre o plano emocional e espetacular, iremos logo cair. Deus nunca nos prometeu uma experiência emocional contínua. Uma vez que tenhamos nos aproximado dEle, precisamos crescer além das experiências emocionais e vivermos a realidade daquilo que significa ser cristão.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Dois Iguais, Nunca

"Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas; e elas me conhecem." (João 10:14)

Uma das coisas que vemos ao longo dos Evangelhos é o modo como Jesus lida com as pessoas individualmente. Vale notar que Jesus nunca lidou com duas pessoas exatamente do mesmo jeito.

O que você acharia de um médico que desse a mesma receita a todo paciente? À pessoa que chega de braço quebrado, ele diz: "Tome duas aspirinas." À que vem com outro tipo de problema, ele diz: "Tome duas aspirinas." Você pensaria que esse sujeito não se ocupa de saber quais as verdadeiras necessidades dos pacientes. O Grande Médico, Jesus Cristo, nunca tratava duas pessoas da mesma maneira. Ele lidava com delas individualmente.

Observe como Jesus tratou diferentemente André, Felipe e Natanael quando se tornaram seus discípulos (ver João 1:35-47). Isso serve de lembrança de que as pessoas não chegam a Jesus todas do mesmo modo.

Talvez você já tenha ouvido testemunhos de pessoas de diferentes origens que chegaram à fé. No fim das contas, eis o que aparece: quer alguém tenha sido viciado em drogas ou aluno nota 10, quer tenha sido membro de uma gangue ou de um grupo de balé, quer tenha feito tudo certo ou tudo errado, a Bíblia diz que "todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus" (Romanos 3:23). Estávamos todos a caminho do inferno. Todos precisávamos chegar a Jesus Cristo, pela cruz.

Como quer que tenhamos chegado até Ele, Ele deu jeito em nosso pecado. Deus sabia de nossas necessidades e fez uma obra maravilhosa em nossas vidas.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

O que Vocês Querem?

"Voltando-se e vendo Jesus que os dois o seguiam, perguntou-lhes: 'O que vocês querem?' [...]" (João 1:38)

O que você procura na vida? Para quê vive? A razão de eu fazer esta pergunta é que há pouco mais de 2.000 anos Jesus perguntou isso a duas pessoas muito curiosas: André e João.

No Evangelho de João, lemos o relato de João Batista apontando para Jesus e animando seus discípulos a segui-lo: "No dia seguinte João estava ali novamente com dois dos seus discípulos. Quando viu Jesus passando, disse: 'Vejam! É o Cordeiro de Deus!' Ouvindo-o dizer isso, os dois discípulos seguiram a Jesus. Voltando-se e vendo Jesus que os dois o seguiam, perguntou-lhes: 'O que vocês querem?'" (João 1:35-38).
É importante notar que esta foi a primeira pergunta registrada nas Escrituras que Jesus fez a uma pessoa. Ele disse, antes de tudo: "O que você procura?" E então Ele lhes disse: "Venham e verão" (João 1:39).

Nós poderíamos fazer a mesma pergunta para as pessoas hoje. A resposta certa seria talvez a felicidade. Outros poderiam dizer: "Procuro o sucesso." Outros ainda poderiam dizer: "Procuro ser amado." E alguns: "Estou à procura de paz interior."

Perceba que quando aqueles homens chegaram a Jesus naquela ocasião, séculos atrás, Ele procurava dar-lhes mais do que esperavam. Quando Ele lhes perguntou "O que vocês querem?" naquele dia, ele captou a real necessidade do fundo de suas vidas. E Ele fará o mesmo por você.

Link para o texto original
Receber os Devocionais Diários por email

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Não Como, Mas Onde

"Não se esqueçam disto, amados: para o Senhor um dia é como mil anos, e mil anos como um dia. O Senhor não demora em cumprir a sua promessa, como julgam alguns. Pelo contrário, ele é paciente com vocês, não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento." (2 Pedro 3:8-9)

Hoje fico contente que Deus não tenha respondido a minha oração em 1972, quando orei com muitos outros crentes: "Senhor, venha logo." Vou explicar por que: Muitas pessoas tornaram-se cristãs desde 1972. A Bíblia diz: "O Senhor não demora em cumprir a sua promessa, como julgam alguns. Pelo contrário, ele é paciente com vocês, não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento." (2 Pedro 3:9)

Para os crentes, o arrebatamento significa não passar pela morte. Isso não significa que alguns não vão morrer, mas sim que há uma geração que não vai morrer, uma geração que não terá que ir para a sepultura, uma geração que será levada diretamente para a presença do Senhor.

Agora, a questão que frequentemente surge - "Somos esta geração?" - não sei responder. Podemos ser. Acho que eu poderia escrever muito sobre este assunto, mas ninguém pode dizer com certeza absoluta. O Senhor pode não vir durante nossas vidas.

Mas quero que você saiba que se isso não acontecer, se o Senhor não voltar, não vou ficar desapontado, porque a minha esperança não está no retorno em si, mas sim em Jesus Cristo, o qual um dia retornará. Espero que a sua esperança também seja esta. Isso é o que importa. Sei que vou para o céu um dia. E o que é empolgante para mim não é “como vou chegar” lá, mas sim “para onde estou indo”. Eu tenho essa esperança. E você?

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Como nos Dias de Noé

"Pois nos dias anteriores ao dilúvio, o povo vivia comendo e bebendo, casando-se e dando-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca; e eles nada perceberam, até que veio o dilúvio e os levou a todos. Assim acontecerá na vinda do Filho do homem." (Mateus 24:38-39)

As pessoas, nos dias de Noé, zombavam de suas crenças. Riam do velho que construía um enorme barco quando não havia nem sinal de água por perto. Mas quando as primeiras gotas de chuva começaram a cair, elas mudaram de opinião.
Essa zombaria que Noé experimentou - ou seja, zombaria das coisas de Deus - será também um sinal dos últimos dias. A Bíblia diz em 2 Pedro 3:3: "Antes de tudo saibam que, nos últimos dias, surgirão escarnecedores zombando e seguindo suas próprias paixões." Estes serão seus argumentos: "Jesus não prometeu voltar? Então, onde ele está? Por que, até onde lembramos, tudo tem permanecido exatamente do mesmo jeito desde que o mundo foi criado?" É o mesmo argumento sendo usado ainda hoje. O aviso está na parede para que todos possam ver. E não é difícil de se ver se prestarmos atenção.
Segundo a Bíblia, há uma geração que não verá a morte. Em vez disso, será removida da superfície da Terra. Se você acredita no Arrebatamento, saiba que não está sozinho. De acordo com um estudo feito por uma revista, 61% dos americanos acreditam que Jesus Cristo retornará à Terra, e 44% acreditam no Arrebatamento. O julgamento está chegando. Não há dúvidas sobre isso.

2 Pedro 3:3

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

domingo, 26 de janeiro de 2014

Sinal dos Tempos

“Quando começarem a acontecer estas coisas, levantem-se e ergam a cabeça, porque estará próxima a redenção de vocês". (Lucas 21:28)

Às vezes penso que posso prever o clima com tanta precisão quanto a maioria das previsões meteorológicas de hoje. Não parece que eles são extremamente imprecisos? Parece que o que vai acontecer é o oposto o que eles dizem. Por outro lado, posso sair de casa e olhar para cima. Se está ensolarado e quente, provavelmente será um dia agradável. Se vejo algumas nuvens cinzentas, então sei que pode chover.
Jesus repreendeu os fariseus e os saduceus por sua incapacidade de interpretar os sinais dos tempos (ver Mateus 16:1-4). No entanto, vemos os mesmos lembretes hoje. Eles nos gritam das primeiras páginas de nossos jornais, da nossa televisão e de eventos que acontecem ao redor do mundo. Há sinais sendo cumpridos, os quais repetidamente nos dizem: "Jesus está voltando." Precisamos acordar e prestar atenção para isso.
Todos os sinais de que Jesus falou são para nos lembrar que devemos estar prontos. Jesus disse que antes de seu retorno, as condições na Terra seriam como eram nos dias de Ló e Noé (cf. Lc 17:26-30).
Olhando para o contexto de Ló, vemos que ele foi, é claro, um habitante das cidades de Sodoma e Gomorra, lugares conhecidos por sua maldade excessiva, e especiamente pela sua perversão sexual.
O Tempo de Noé foi caracterizado pela violência extrema e por crimes. Descrevendo o tempo de Noé, Gênesis 6:5 diz: "O Senhor viu que a perversidade do homem tinha aumentado na terra e que toda a inclinação dos pensamentos do seu coração era sempre e somente para o mal".
Essa não é uma descrição precisa dos dias de hoje?

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

sábado, 25 de janeiro de 2014

O Livro Verdadeiro

"Este é o Deus cujo caminho é perfeito; a palavra do Senhor é comprovadamente genuína. Ele é um escudo para todos os que nele se refugiam." (Salmos 18:30)

Apesar de nossos avanços impressionantes nas áreas de ciência e tecnologia, o que temos visto é simplesmente uma contínua piora na condição humana. Parece que as coisas ficam mais obscuras e tenebrosas a cada dia. E nestes dias de grande ansiedade em que estamos vivendo as pessoas se perguntam: "no que o mundo está se transformando?"

Muitos, no desespero, prendem-se à primeira coisa que vêem pela frente. Vemos isso nas livrarias. Quando alguém aparece com um novo sistema de crenças, muitos o aceitam imediatamente. Na verdade, fico extremamente espantado com as coisas que as pessoas acreditam sem nunca antes terem olhado para a mensagem de Cristo e para o que as Escrituras dizem. Simplesmente rejeitam, sem nem mesmo darem uma olhada. Acreditam em tudo, menos no que é certo.

Isso é porque há um sentimento de desespero, uma sensação de incerteza. Estamos à procura de respostas para perguntas como: "Por que estamos aqui?", ou "qual é o sentido da vida?", ou ainda "o que vai acontecer depois?"

Alguns depositarão sua fé em líderes mundiais se eles prometerem paz e disserem que serão capazes de resolver os conflitos no mundo. Outros buscarão videntes, cartomantes e astrólogos, tentando encontrar algum tipo de significado nas previsões mais recentes de "grandes profetas e adivinhadores".

No entanto, há alguém que sempre sabe, exatamente, o que o futuro nos reserva. E Ele nos diz tudo sobre isso em seu livro, a Bíblia. A Bíblia é o único livro que prevê o futuro com precisão absoluta. Que vai direto ao ponto de quem é o verdadeiro Deus, qual é a verdadeira fé, quem são os verdadeiros profetas e qual a verdadeira crença.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Obedecendo ao Capitão

“Ele disse: 'Lancem a rede do lado direito do barco e vocês encontrarão'. Eles a lançaram, e não conseguiam recolher a rede, tal era a quantidade de peixes." (João 21:6)

Pareceu meio ilógico. Os discípulos vinham pescando há tempo e não haviam pegado nada. Agora Jesus lhes dizia para passar a rede para o outro lado do barco. Isso lá ia fazer alguma diferença?
Mas a técnica não era o importante. Importante era Quem os estava mandando fazer aquilo. Então os discípulos jogaram a rede do outro lado.
Isso lhes pode ter lembrado um encontro anterior com o Senhor, quando Pedro emprestou seu barco a Jesus, o qual queria falar às multidões congregadas na praia. Quando terminou de falar de Seu púlpito flutuante, Jesus disse a Pedro: "[...] 'Vá para onde as águas são mais fundas', e a todos, 'lancem as redes para a pesca'" (Lucas 5:4).
Pedro respondeu: "Mestre, esforçamo-nos a noite inteira e não pegamos nada [...]" (verso 5). Mas a seguir fez uma declaração interessante: "Mas, porque és tu quem está dizendo isto, vou lançar as redes" (verso 5). No idioma original, essa era uma frase náutica particular que poderia ser traduzida assim: "Mas vamos fazê-lo, capitão do barco". Seja qual for o tom em que Pedro tenha dito isso, ele pegou muito peixe naquele dia.
Às vezes, as ordens de Deus não fazem muito sentido para nós, mas é importante que obedeçamos a elas, quer gostemos ou não delas, concordemos ou não com elas. Quando Jesus é o capitão do barco, tudo vai sempre muito melhor. Deixe-O subir a bordo. Dê-lhe o leme. Deixe que Ele assuma o controle. E não tenha medo de obedecer à Sua palavra.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Mais Importante que o Sucesso

“E nós esperávamos que era ele que ia trazer a redenção a Israel. [...]” (Lucas 24:21)

Às vezes pensamos que somos fracassados porque o que fazemos não é tão grande quanto esperávamos que fosse, ou não temos as marcas mundanas do sucesso.
Só que mais importante do quanto somos bem sucedidos é o quanto somos fiéis. Podemos não saber o quanto somos bem sucedidos nessa vida, especialmente em nossos esforços espirituais, até chegarmos ao céu. Aqueles que pensamos serem grandes sucessos podem não ser tão bem sucedidos quanto imaginávamos. E aqueles que consideramos fracassados podem ser os maiores vencedores de todos. Nós simplesmente não sabemos.
Antes de os discípulos verem Jesus depois da Sua morte na cruz, eles provavelmente pensaram que Ele havia falhado. Penso que os dois discípulos no caminho para Emaús resumiram bem isso quando a eles se juntou o Senhor ressurreto. Sem saberem que era Ele, eles disseram: “e nós esperávamos que era ele que ia trazer a redenção a Israel. E hoje é o terceiro dia desde que tudo isso aconteceu.” (Lucas 24:21). Esses caras estavam tão tristes que deixaram Jerusalém. Eles queriam se afastar o mais longe possível da cena da crucificação. Provavelmente, em suas mentes, Jesus falhou com eles. Outros provavelmente sentiram o mesmo. Mas quando viram o Senhor ressurreto, descobriram que o contrário era verdade. O que parecia o fim era, na verdade, um novo começo.
A vida também pode funcionar dessa forma. Talvez algo em sua vida pareça ter chegado ao fim, mas pode ser para você um novo começo. Deus pode fazer mais e melhor de algo que você sequer pode imaginar. Então tenha fé, aprenda com os seus erros, e siga em frente.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

O Grande Sucesso

"Mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens. E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até à morte, e morte de cruz!" (Filipenses 2:7-8)

O que consideramos sucesso? Se tivéssemos que classificar o sucesso de uma pessoa, quais seriam os critérios? Poder? Riqueza? Popularidade? Respeito?

Se esse é o nosso critério para o sucesso, então, aparentemente, Jesus foi um grande fracasso. Ele foi popular? Não por muito tempo. Multidões cantaram louvores por algum tempo, mas se voltaram contra Ele pouco tempo depois. Então, de certa forma, Ele não era popular. Na verdade, depois de um de seus sermões, todos os Seus seguidores o abandonaram, exceto os doze discípulos. 

Ele era politicamente poderoso? Não. Ele foi um fracasso político. Todos os níveis de governo primeiro o rejeitaram, depois conspiraram para matá-Lo. 

Será que Jesus tinha muitos amigos? Na verdade não. Ele tinha vários amigos de interesse, de circunstâncias. Ele tinha muitas pessoas que diziam ser amigas, mas quando chegou ao fim, Ele tinha apenas algumas.

Será que Ele tinha dinheiro e posses? Na verdade não. Ele disse: "[...] o Filho do homem não tem onde repousar a cabeça" (Mateus 8:20, Lucas 9:58). Ele tinha uma peça de vestuário que conhecemos, a qual os soldados lançaram ao pé da cruz para ver com quem ficaria. 

Jesus foi respeitado por seus colegas? Se você considerar os líderes religiosos como seus colegas, então a resposta seria não. Eles rejeitaram a Sua obra. 

Mas apesar de Seu fracasso por esses padrões, Jesus Cristo foi o maior sucesso que alguém poderia alcançar. Por quê? Porque Ele veio com um propósito: morrer pelos pecados do mundo. E Ele cumpriu essa tarefa.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Falhar Preventivamente

"Contudo, quando avaliei tudo o que as minhas mãos haviam feito e o trabalho que eu tanto me esforçara para realizar, percebi que tudo foi inútil, foi correr atrás do vento; não há qualquer proveito no que se faz debaixo do sol." (Eclesiastes 2:11)

Você sabia que o sucesso pode ser uma forma de fracasso? Algumas pessoas podem argumentar que o sucesso é a coisa mais importante na vida (essa pelo menos é a ênfase que o mundo dá atualmente). Mas o sucesso é mesmo a coisa mais importante na vida? Bom, isso depende da definição de sucesso que se escolha.

Muitas pessoas alcançam seus objetivos na vida, mas a que preço? Usando o engano e a traição?Abandonando princípios e sacrificando a própria integridade? Negligenciando a família e os amigos? Esquecendo-se totalmente de Deus? Nesse caso, o sucesso pode até ter sido alcançado sob um determinado ponto-de-vista, mas, de maneira geral, o que se tem é um completo fracasso.

Podemos ainda ir além do fracasso. Podemos ser bem sucedidos e nos tornarmos orgulhosos desse sucesso. Podemos ter sucesso e nos tornarmos adoradores dele, em vez de darmos o devido reconhecimento àquele que nos ajudou a obter tal sucesso. Podemos ter sucesso e nos esquecermos da mão que o dá e que o retém.

Às vezes fracassos podem ser bons, se conseguirmos aprender com os nossos erros. Sim, um erro pode ser bom... Se, com ele, aprendermos a evitar erros futuros. Após fazer algo errado e provar suas consequências amargas, ficamos aptos a dizer: "Definitivamente não quero fazer isso de novo." Isto significa colocar proteções em torno de nossas vidas e tomar medidas preventivas para não cair na mesma armadilha novamente. Com isso aprendemos alguma coisa com os nossos fracassos.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

domingo, 19 de janeiro de 2014

Descobrindo Nosso Caminho

"Ai dos que chamam ao mal bem e ao bem, mal, que fazem das trevas luz e da luz, trevas, do amargo, doce e do doce, amargo." (Isaías 5:20)

Uma história do Antigo Testamento nos conta como Deus, de forma sobrenatural, proveu aos filhos de Israel, diariamente, o alimento celestial chamado maná. À medida que viajavam pelo deserto, o maná estava lá para eles todas as manhãs, quando saiam de suas tendas. Tudo que tinham a fazer era pegar e comer.

Mas depois de algum tempo, eles se cansaram do maná. Eles disseram: "Ah, se tivéssemos carne para comer! Nós nos lembramos dos peixes que comíamos de graça no Egito, e também dos pepinos, das melancias, dos alhos porós, das cebolas e dos alhos" (Números 11:4-5). Quando os israelitas se queixaram, Moisés orou a Deus, e a Bíblia diz que choveu codornizes. Eles ficaram com codornizes até uma altura de 90 cm (Números 11:31). Mas elas pareciam amargas em suas bocas.

O engraçado é que quando o diabo nos faz lembrar de nosso passado, muitas vezes olhamos para ele através de lentes cor-de-rosa. Ele nunca diz: "Lembra como você era vazio? Lembra da culpa que nunca ia embora? Lembra como você tinha medo de morrer?" Em vez disso, ele nos lembra das poucas vezes em que tínhamos bons momentos, embora os maus predominassem.

Como somos tolos quando tentamos manter Deus fora de nossas vidas e cegamente perseguimos os nossos planos e paixões. Muitas vezes Deus não vai nos deixar alcançar o que procuramos. Outras vezes vai, para que vejamos que não era o que imaginávamos. É como se costuma dizer: há duas fontes de infelicidade na vida. Uma é não conseguir o que você deseja. A outra é conseguir.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

sábado, 18 de janeiro de 2014

Nínive ou Nada!

"E Jonas obedeceu à palavra do Senhor e foi para Nínive. Era uma cidade muito grande; demorava-se três dias para percorrê-la." (Jonas 3:3)

Quando Deus disse a Jonas para ir pregar em Nínive ele pegou um navio que ia na direção oposta. Mas enquanto Jonas fugia de Deus, ele estava em um estado de total "miséria espiritual". E quando ele então foi engolido por um enorme peixe, lembrou de Deus (ver Jonas 2:7). Jonas sabia que precisava se voltar a Deus para fazer aquilo que Ele havia lhe ordenado.

Eu amo o que acontece em seguida: "A palavra do Senhor veio a Jonas pela segunda vez com esta ordem: 'Vá à grande cidade de Nínive e pregue contra ela a mensagem que eu vou dar a você.'" (Jonas 3:1-2). Observe as palavras: "pela segunda vez". O que Deus mandou Jonas fazer? Voltar a Nínive. Do que Jonas fugia? De Nínive. E quando Jonas se acertou com Deus, onde ele foi parar? Em Nínive. Era Nínive ou nada.

Cada um de nós, enquanto cristãos, podemos ter que enfrentar uma "Nínive" em nossas vidas. Pode haver um momento em que não gostaremos de algo na Bíblia. Deus pode nos direcionar de alguma forma que acabemos dizendo: "Não quero mesmo fazer isso que o Senhor quer que eu faça." Isso, de uma certa forma, é a nossa Nínive.

Quando Jonas obedeceu a ordem do Senhor, o povo de Nínive voltou-se para Deus. Eles creram em Deus, abandonando seus maus caminhos, e Deus os perdoou. Assim como você, eu também recebi as ordens de Jesus Cristo, que nos disse para ir ao mundo e pregar o Evangelho. A simples mensagem do Evangelho é dinâmica e tem um poder extraordinário. Não tenha medo de proclamá-la. Vá até Nínive, e veja como Deus irá agir.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Provações

“Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma." (Tiago 1:2-4)

Como seria bom se pudéssemos ter as provações nas nossas vidas como opções, como escolhas, não é mesmo? Seria legal se pudéssemos dizer: "essa eu vou pular."

Mas o fato é que as provações acometerão a vida de cada crente. Veja o que Tiago diz: "considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações [...]" (Tiago 1:2). A expressão "diversas provações", poderia também ser traduzida como "várias tentações." Então não há duas provações ou experiências necessariamente iguais. Que você será testado, é certo. A questão é: você vai passar ou não? Devemos nos lembrar que Deus nunca nos prova sem uma razão específica.

O principal propósito de Deus é o de nos moldar à imagem de Jesus Cristo. Deus quer produzir uma semelhança familiar em nós. Isto significa que algumas provações e testes nos mostrarão resultados imediatos, enquanto outros vão produzir resultados de longo prazo.

Em outras palavras: há momentos em que posso passar por uma provação, olhar para trás e dizer: "aprendi tal coisa quando passei por aquela experiência." Mas houve também momentos em que enfrentei uma dificuldade e não consigo ver o que aprendi com ela.

Mas, mesmo que eu não tenha me dado conta, o que aconteceu contribuiu para que eu me tornasse um pouquinho mais parecido com Jesus. Ele trabalha na minha vida para me moldar e dar forma à Sua própria imagem. Às vezes é difícil dizer no que cada experiência resultou, mas devemos nos lembrar que Deus está no controle de todas as coisas e o Seu principal propósito é nos moldar à imagem de Seu Filho querido.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Pronto para Partir?

"[...] Assim diz o Senhor: 'Ponha a casa em ordem, porque você vai morrer; você não se recuperará'" (Isaías 38:1)

Aquele que anda com Deus deve sempre ansiar pelo retorno do Senhor. A Bíblia nos manda preparar-nos para encontrar nosso Deus (ver Amós 4:12). O profeta Isaías foi até o rei Ezequias e lhe disse, essencialmente: "Ponha a casa em ordem, porque você vai morrer" (Isaías 38:1). A sua casa está em ordem? Você está preparado para encontrar seu Deus? Devemos estar sempre prontos.

Quando viajo, sempre arrumo as malas na véspera. Gosto de viajar com bagagem de mão, se possível, pois minha mala nem sempre chega até onde estou indo. O problema é que tenho o hábito de carregar coisas demais. Minha mala de roupas parece uma bola enorme, em vez de algo que vai caber naquele compartimento sobre os assentos.

Mas há outra coisa que sempre me lembro de fazer: comprar a passagem. Não dá para ir simplesmente ao aeroporto e decidir ao acaso aonde ir naquele dia. Ao contrário: sempre sei aonde vou, pois está escrito na passagem.

Então, quero perguntar a você: suas malas estão prontas? Sua vida está bem com Deus? Há alguma coisa que você precise mudar? Se houver, que seja agora.

Além disso, você tem a passagem para o céu? Jamais você poderia comprá-la. Nem todo o dinheiro do mundo pode comprá-la. Nem todas as obras religiosas do mundo, nem toda a moralidade ou bondade que conseguíssemos juntar poderiam comprá-la. Foi comprada com o sangue de Jesus Cristo; e ele oferece a você, sem nenhum custo. Mas, mesmo sendo de graça, não foi barata. Sua passagem para o céu custou tudo a Jesus.

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Um Despertar Espiritual dos Últimos Dias?

“A justiça engrandece a nação, mas o pecado é uma vergonha para qualquer povo." (Provérbios 14:34)

Como estudioso das profecias bíblicas por muitos anos, sempre me impressionei com a precisão da Palavra de Deus. Deus, vivendo na eternidade, vê o futuro tão claramente quanto vemos o passado. A Bíblia mapeia os acontecimentos dos últimos dias com detalhes ricos e específicos.

Entretanto, nessas profecias dos últimos dias, não há como encontrar nenhuma menção à maior superpotência atual, os Estados Unidos. Onde está esta nação? Por que não aparece nas profecias dos últimos dias? Eu gostaria de oferecer três teorias.

Uma possibilidade é que o país vai ser devastado pela guerra ou o terrorismo. As descrições claras do Livro de Apocalipse soam muito como uma guerra nuclear. Não só guerra, mas em seguida fome e peste também.

Ou, quem sabe, os Estados Unidos simplesmente entrarão em declínio como uma potência mundial. Como o país se torna cada vez mais secularizado, irá colher os resultados inevitáveis ​​do pecado. Como a Bíblia diz: "A justiça engrandece a nação, mas o pecado é uma vergonha para qualquer povo" (Provérbios 14:34). Poderiam talvez diminuir na obscuridade conforme afastam Deus de suas vidas.

Mas a teoria que sou a favor é a seguinte: Os EUA não são mencionados nas descrições dos últimos dias porque pode haver um grande despertar espiritual em todo o país. Quando o Arrebatamento acontecer, não haverá muitos da população dos EUA que ficarão para trás. Você pode imaginar milhões de pessoas desaparecendo de repente? A economia poderia entrar em colapso do dia para a noite.

Eu não sei a resposta para esta pergunta. Mas quero perguntar o seguinte: Se Jesus Cristo voltasse hoje, você estaria pronto?

Link para o texto original

Receber os Devocionais Diários por email

Receber feeds do Harvest Devocionais Diários por email

Acompanhem Nossos Trabalhos.

Todo segundo sábado do mês estamos ministrando um culto muito animado e contagiante para nossas crianças e adolescentes em nossa Igreja Batista Ebenézer em Jd. Colorado na Avenida Vitória Régia 1178, às 15 horas. Venha nos prestigiar e se quiser nos convidar para fazermos este trabalho em sua igreja é só deixar um comentário em nosso blog.